Dazed and Confused, unbelievers, transformers age of extinction, get carter, lola versus, much ado about nothing, jack reacher – rolê cinematográfico

Dazed

All right, all right, all right. #EntendedoresEntenderão, mas pr’aqueles desprovidos de entendimento, conheça a fonte do meme de Matthew McConaughey…

Dazed and Confused [1993] Richard Linklater
Vim conferir por que esse foi o primeiro longa de McConaughey, mas… já comentei aqui sobre os filmes de John Hughes e como alguns deles são bem bons e outros não comunicam tanto com a gente aqui no Brasil, por conta dessa cultura high school – college bem americana que a gente não tem, necessariamente. Esse é mais um filme dessa categoria: whatever. Filme cultuado lá fora; para mim, superestimado.
~ trailer youtube/dazedandconfused ~

~~~

Unbelivers

~ Unbelievers [2013] Gus Holwerda
Encontrei esse documentário procurando pelas coisas do Ricky Gervais. Muy bueno. A produção acompanha Richard Dawkins (autor de The God Delusion) e Lawrence Krauss (An Universe From Nothing) em palestras ao redor do mundo estimulando o público a questionar a imposição religiosa. Altamente recomendável.
~ site oficial e trailer Unbelievers ~

~ ~ ~

Transformers

~ Transformers – Age of extinction [2014] Michael Bay
Ah… Michael Bay, né? Com todos os seus clichês e pans. Assisti, sim, foda-se. Mais do mesmo, ruim igual. Vou fazer um vídeozinho castigando essa parada apontando algumas fórmulas do charlatão. Nem mostrou os DinoBots direito… PORRA!
~  site oficial e trailer Transformers ~

~ ~ ~

Carter

~ Get Carter [1971] Mike Hodges
Vez ou outra assisto alguma coisa com o Michael Caine para tentar entender de onde vem a ovação. Várias vezes, me encanto com o trabalho desse ator inglês. N’outras… meh. Esse é um exemplo que fica no meio do caminho. Por grande parte do filme: meh. Porém, existe uns breves momentos em sua atuação que são beeem legais. Gestos pequenos, trejeitos e sutilezas. Esse é um filme que tem que ser assistido com paciência. Não é um filme pra sexta-feira à noite, como eu fiz. A trilha sonora é excelente, bem Hermes & Renato, sabe? Malandraje total. E o final me surpreendeu. Thumbs up. Obs: existe uma adaptação de 2000 com Stallone.
~ trailer youtube/getcarter ~

~ ~ ~

Lola

~ Lola Versus [2012] Daryl Wein
Ai, ai… Greta Gerwig. Outra fita excelente da moça. A produção é da mesma turma de 500 days of Summer. Dessa vez, ela não participa tão diretamente no roteiro e direção, então a pegada é um pouco diferente, mas dá pra reconhecer algumas características que permeiam seus outros trabalhos mais pessoais. Recomendaria, mesmo se não estivesse apaixonado por Gerwig, oh, Gerwig.
~ Trailer youtube/lolaversus ~

~~~

MuchAdo

~ Much Ado About Nothing [2012] Joss Whedon
Shakespeare pelo diretor de Vingadores. Nnn… não gostei do filme, mas gostei muito da tentativa. Por que isso? Simples. Dá pra sacar que é um projeto muito pessoal para Whedon. Uma pena que não funciona tanto, mas poderia muito. O elenco é composto de vários colaboradores de longa data do diretor. Alguns bem interessantes, mas outros dois – principalmente – horrorosos. Justamente dois dos mais antigos parceiros de Whedon: Acker e Denisof, desde Angel e Buffy a caça-vampiros. Puatz! Se quiser assistir uma adaptação moderna de Shakespeare, mesmo com aquele inglês das’antiga, cole em Coriolanus.
~ trailer youtube/muchadoaboutnothing  ~

~~~

reacher

~ Jack Reacher [2012] Christopher McQuarrie
Sério… muito bom. História boa, roteiro super amarradinho, final surpreendente. Cast bem feito à beça, MESMO com o Tu Cruze. Cara, Werner Fucking Herzog tá no elenco fazendo um chefão responsa casca grossíssima. Ainda rola outra dobradinha de Cruise e Duvall. Quem não lembra de Dias de Trovão, que inspirou mais tarde o Talladega Nights: The Ballad of Ricky Bobby? Uma das melhores cenas (tirando qualquer uma com Herzog) é a briga no banheiro com Débi e Lóide. 😉
~ trailer youtube/jackreacher 
 ~

E aí, o que você acha? E o que você assistiu essa semana? Seguimos, B.

Comments

comments

Add a comment