Inside Llewyn Davis, The Double, Maleficent, Breaking Upwards, YSL, Sin City 2, Romeo is Bleeding, Gonzaga, Brooklyn Nine Nine, Full Metal Jacket, The Image Revolution, Metallica – Through the never, Let’s be cops – Rolê Cinematográfico

InsideDavis

Muitos gostam de Oscar Isaac. Eu não gosto, acho hypado, mas admito que o cara mata pau nessa…

Inside Llewyn Davis [2013] Irmãos Coen
Os Coen tão na pilha, né? Filmando pá’carai. Well, keep it up, brothers. Esse é mais um filme que entra para a minha lista da inveja. Achei tudo foda. Roteiro, fotografia, direção. Embora tenha uma relação hate-love com música folk, gosto da trilha também. E o elenco é muito bom. Mesmo. Isaac já tinha trabalhado com Carey Mulligan no na-mosca Drive de Refn. Existe química ali e a moça tá surpreendente. Desconstruiu a imagem de mocinha frágil, donzela-em-apuros, stand-in da Michelle Williams. Muito bom… quem acompanha o #RolêCinematógrafico e se identifica com meu gosto, está intimado@ a assistir. Certo? Certo!
~ site oficial e trailer Inside Llewyn Davis ~

~~~

Double

The Double [2013] Richard Ayoade
Jesse Eisenberg, seu malandro. Desde que vi que esse filme anunciado, fiquei amarradão para assistir. Acho que foi meio na época do Black Swan, eu tava estudando um monte sobre Doppelgänger para fazer meu ensaio do filme no #NemFudendo e queria logo conferir essa fita inspirada no romance de Fyodor Dostoyevsky. Daí, que o filme foi lançado e nem percebi. Anyway, assisti e BOOM! Lista da inveja. Hahahaha. Teatro no cinema, cara. Serião. Muito experimentado. Fotografia legal pacas. O que pega é o Eisenberg mesmo, que é sempre aquele mesmo cara em tudo. Se você fizer um exercício para desencanar disso, daí dá pra curtir muito o filme. Eu consegui e recomendo.
~ site oficial e trailer The Double ~

~~~

Malificent

Malificent [2014] Robert Stromberg
Ah… curiosidade, né? Vale a pena, não. Única coisa legal são os bichos do Senhor dos Anéis, Barbárvore, Smaug e as asas da Jolie. Ela tá até massa, mas o restante do cast é uma tristeza.
~  trailer Malificent ~

~~~

BreakingUpwards

Breaking Upwards [2009] Daryl Wein
A Greta Gerwig não tá nesse, mas sua turma tá. Breaking Upwards foi a fita responsável por colocar Zoe Lister Jones e Daryl Wein em destaque. Não acertam sempre, mas tem mais sucessos que flops. Tô assistindo tudo dos caras, como você pode notar em quase todos os #Rolês, desde o primeiro com Frances Ha – que foi a faísca para começar todos esses posts BTW.
~ site oficial e trailer Breaking Upwards ~

~~~

Nota: como percebido por aqueles que seguem essa coluna, rolou um hiato profundo entre as postagens. No entanto, continuei assistindo filmes como de costume. Eu deveria ter publicado as observações acima numa única entrada… um mês atrás. Minhas impressões sobre os filmes abaixo já não estão tão frescas na memória e poderão ser interpretadas como textículos preguiçosos, mas não são, não. Principalmente, em YSL…

MuchAdo

YSL [2014] Jalil Lespert
Tava na pilha pra assistir a fita. Não rolou. Achei que correram demais com tudo, querendo fazer um apanhadão da vida do cara, mas ficou superficial. Tipo biografia de mini série em 4 episódios que passa aos domingos no Fantástico. Muito fraco.
~ trailer Yves Saint Laurent ~

~~~

SinCity

Sin City – A Dame to kill for [2014] Robert Rodrigues & Frank Miller
Um mimimi na interwebz que putakillpariu. Que canseira. Pra isso mesmo que serve a world wide web, anyway. Diferentemente de muitos colegas, eu gostei do filme… com ressalvas, claro. Ok, o roteiro não é o mais brilhante e muita coisa se repete. Por outro lado, muita coisa se ganha também. Algumas fáceis oportunidades foram perdidas que poderiam tornar o filme muito melhor, como por exemplo o cast para Dwight, em que Clive Owen poderia ter aparecido pós cirurgia. O look em 3D ficou animal. Casou muito bem com a vibe da coisa toda. O mole mesmo da turma que produziu o bang foi ter esperado tanto tempo para soltar um segundo filme. Uma galera que foi conferir o filme esse ano, nem conhecia o primeiro e ficou meio perdida sem entender o impacto do primeiro filme no rolê. No fim das contas, curti. Quanto mais Jessica Alba de sexy bikini, melhor.
~ site oficial e trailer Sin City 2 ~

~~~

Romeo

Romeo is bleeding [1993] Peter Medak
Filme pra entender de onde vem Gary Oldman. Tô na pegada de assistir todas as coisas do cara e recomendo que comecem por esse. Seu talento gera grande admiração e inspiração numa pá de atores da nova geração e em mim também, claro, como grande apreciador de atuações na telona. Aqui, ele mostra-se super versátil, complexo e sutil. EVERYYYONEEEE gosta de tirar um sarro dos seus exageros e ele sabe dosar isso de forma genial, sabendo quando alimentar a hype e quando tocar com sensibilidade. Ace. Atenção também em Lena Olin, plis.
~ trailer Romeo is bleeding ~

~~~

gonzaga

Gonzaga – de Pai para Filho [2012] Breno Silveira
Cara… as atuações são muito boas. Um pouco longo, talvez. Não conhecia muito sobre a carreira desses dois artistas. Gosto muito de biografias de músicos e acredito que esse filme cumpre bem o papel, sem ser didático demais. Funciona muito, principalmente por focar-se num capítulo da vida de pai e filho: as fitas gravadas por Gonzaguinha conversando com Gonzagão.
~  trailer Gonzaga ~

~~~

B99

Brooklyn Nine Nine [2013 ~] Dan Goor & Michael Schur
VICIANTE! A série começou ano passado, agora estamos no início da segunda temporada e recomendo fortemente. Cast incrível, atuações incríveis, roteiro incrível. Um lance divertido pra caralho.
~ trailer Brooklyn Nine Nine ~

~~~

Pyle

Full Metal jacket [1987] Stanley Kubrick
Por que nunca é demais. Fui conferir na telona do Cinemark que chuta bundas com essas sessões especiais de filmes das’antiga. You got love this shizzle. I do.

I AM… IN A WORLD… OF SHIT!

~ Trailer youtube/lolaversus ~

~~~

Spawn

The Image Revolution [2013] Patrick Meaney
Só pra quem é fã de HQs, sério. Documentário sobre a revolução criada pela Image, uma editora independente que reuniu os talentos da Marvel, Jim “Fricking” Lee, Todd McFarlane, Marc Silvestri e o questionável Rob Liefield. Muito interessante para entender seus interesses e conflitos na época.
~ trailer The Image Revolution ~

~~~

Metallica

Metallica – Through the never [2013] Nimród Antal
Tinha tudo muito pra ser bom… não rolou. É chato até pra quem é fã de Metallica.
~  trailer Metallica – Through the never ~

~~~

Lets

Let’s be cops [2014] Luke Greenfield
Para fãs de New Girl. A dupla Jake Johnson e Damon Wayans Jr. praticamente revivem seus personagens da série nesse filme. Por isso que funciona. Infelizmente, não souberam utilizar a genialidade de Jon “Show me your genitals” Lajoie.
~ trailer Let’s be cops ~

YEAH! É bem por aí… já comecei a próxima safra do Rolê CInematográfico. Stay tuned.

E aí, o que você acha? E o que você assistiu essa semana? Seguimos, B.

Comments

comments

Add a comment